4.10.12

 

Angry Birds

Salut!!

Hoje temos porcos, passaritos e Rock n'Roll...

Bye!!

2.9.11

 

22 anos



Há um ano, exactamente, regressei à TSF, depois de ser dispensado por ser pouco polivalente, da empresa onde durante mais tempo fiz/exerci/pratiquei/senti a rádio. A mesma empresa onde apreendi a ouvir rádio.

Há onze anos, exactamente, entrei na TSF, a rádio que me fez ser jornalista, e onde apreendi, quase tudo o que sei sobre a matéria, só por ouvir.

Há 22 anos, comecei a ser jornalista profissional, numa vivenda no Cacém. Sobre a vida que queria, sabia pouco. Mas sabia que devia começar por ali.

Em 22 anos, vi cairem e erguerem-se muros, afundarem-se ideologias, derrubarem-se torres, justificarem-se guerras, chacinarem-se povos, vi nascer o terrorismo global, crescer a insegurança no mundo e na rua, nascerem e morrerem ídolos, nascerem e morrerem países.

Em 22 anos não apareceram as curas das doenças incuráveis, mais ou menos prolongadas, nem um horizonte para Portugal, nem o Sol a brilhar para todos nós.

Portanto, há que continuar.



6.9.09

 

Deixou-nos João Vieira

Salut!!

Falei com ele duas vezes.
Não conheço nada da obra dele.
Foi das pessoas mais interessantes com quem falei.
Tenho pena que nos tenha deixado.

Bye!!

29.5.09

 

Códigos

Salut!!

A propósito da singela oferta que correu esta semana para oferecer um código deontológico à jornalista Manuela Moura Guedes, apetece-me dizer:

1 - que se pudesse, oferecia um código deontológico a cada um dos jornalistas portugueses, porque desconfio que a maioria não o conhece;

2 - que uma coisa é não concordar com o modo de MMG, outra é armarem-se em virgens ofendidas;

3 - que perigoso, será permitir que a moda pegue. A moda do Jornal Nacional de 6.

Bye!!

5.4.09

 

Uma memória

Salut!!

Houve em tempos uma acção que mobilizou uma pequena aldeia portuguesa.
Essa acção perdeu-se, mas há quem queira recupera-la.
Acho bem.

Este é o rasto dessa memória.

A memória do Rancho Folclórico Serra do Ceira, de Colmeal (Góis).

Bye!!

16.3.09

 

Pinturas

Salut!!

Só neste país seria possível pensar que por causa do que está pintado num carro de policia, uma multa é ou não válida.
O importante, no país, que tem as estradas pior construídas, que tem condutores mais inconscientes, e onde todos os dias são apanhadas pessoas as conduzir sem carta de condução válida é, se no carro da policia está pintado um B, ou um U e um N, antes do T de Trãnsito.
E os carros descaracterizados? Também não podem passar multas?
E isto não é tema de conversa de café: é um tema levado ao parlamento, por deputados.
Só falta entupir os tribunais com esta dúvida.

Bye!!


15.3.09

 

Pai incompreensível

Salut!!

Não é a primeira vez que acontece.
Até mesmo por cá.
Mas continuamos a pensar que será a última.
Ontem, morreu um bebé de nove nove meses esquecido pelo pai, dentro do carro.
É incompreensivel uma sociedade, onde um pai se esquece do filho.
É incompreensivel.
E se algum dia for compreensível, então não estamos a melhorar, como comunidade.

NOTA - Lido no Rádio Clube, Sexta-feira, dia 13.

Bye!!

 

4 A.S. (2009 D.C.)

Salut!!

Quatro anos depois, temos um pais diferente?
Talvez...
Quatro anos depois, resolvemos alguns problemas?
Alguns...
Quatro anos depois, acreditamos mais em quem nos governa?
Nem por isso...
Uma governação de quatro anos, não pode ser inequívoca.
Se fosse, seria mau para a democracia.
Talvez o Primeiro Ministro ainda aproveite o Sol de Cabo Verde para fazer o seu balanço.
Mas escutados os da oposição, há razões para perguntar: porque é que a oposição não fez mais nestes quatro anos?

NOTA - Lido no Rádio Clube, Quinta-feira, dia 12.

Bye!!


 
Salut!!

Primeiro foi o Presidente da República a pôr o dedo na ferida.
"As leis em Portugal, não têm a qualidade exigível".
Ontem foi o Procurador Geral da República, em pleno Parlamento, a emendar pontuação, a constatar palavras que não existem, e dizer que ninguém entende diversas passagens na nova lei de combate à violência doméstica.
A situação começa a ser crítica.
Por um lado os deputados queixam-se de serem mal pagos.
Por outro, o trabalho que fazem não corresponde ao que lhes é exigido.
O caso de ontem, partiu do governo, o que faz agravar ainda mais as preocupações, porque há batalhões de equipas jurídicas a fazer estes textos que depois têm apenas de passar pelo crivo político.
Uma democracia, não são apenas leis.
Mas convém que as leis cumpram o seu papel.
Se as leis não forem respeitáveis, o estado também não o será.
E assim, chegamos a um problema de autoridade do estado posta em causa.

NOTA - Lido no Rádio Clube, Quarta-feira, dia 11.

Bye!! 

10.3.09

 

Angola

Salut!!

O caso angolano é um caso interessante.
Potencialmente, há muitos anos que Angola tem uma economia muito mais forte que a portuguesa.
Mas quando essa supremacia não sobressaia por causa da guerra, a soberba angolana em relação ao investimento e ao estado português era notória, especialmente nas elites económicas de Luanda.
Hoje, com a economia angolana pujante, a liderar a organização dos exportadores de petróleo, e como uma posição de força em sectores chave da economia portuguesa, Angola, aproxima-se, e até o líder máximo aceita vir a Portugal de forma oficial.
A mudança de atitude, também neste caso, pode significar muita coisa.
Porque em Luanda, finalmente, percebeu-se que caminhar ao lado de Portugal, pode tornar mais fácil o crescimento angolano.
E Portugal, mesmo que agora pareça de certa forma colonizado, tem tudo a ganhar com esta verdadeira cooperação estratégica.

Bye!!

 

A guerra em casa

Salut!!

Não há maior acto de combardia do que a agressão ao mais frágil, na protecção do lar.
No sul da Europa, os números da violência doméstica são estupidamente dramáticos, e Portugal não é excepção.
Mas esta semana, no Rádio Clube, vamos tentar falar menos de números, e mais de pessoas.
Algumas dessas pessoas, já não estão cá para contar a sua história.
São as vitimas de uma guerra, talvez a mais brutal e violenta das guerras.
Uma guerra que acontece entre quatro paredes, e sem exércitos.
Esta semana, no Rádio Clube, vamos falar das vítimas de uma guerra que não tem razão para existir.

Lida, no Rádio Clube, Segunda-feira, dia 9.

Bye!!

6.3.09

 

Defesa da honra

Salut!!

Por momentos, temeu-se ontem no parlamento português, uma cena há moda de Taiwan.
Numa troca de argumentos sobre energias renováveis, um deputados insinuou que outro defenderia determinada politica por interesses pessoais.
A resposta foi dura.
Com insultos pessoais, e ameaças.
Quem se apercebeu ficou estupefacto, pelo inedetismo da cena.
Mas estavam todos os tão atentos ao debate, que nem o presidente do parlamento deu pelo incidente.
O caso é um mau sinal para o parlamento, e a generalidade dos deputados já admitiu isso mesmo.
Por isso, tudo ficaria bem melhor, se o protagonista, agisse em consequência.
No pais em que um ministro abandonou o cargo porque contou uma anedota inconveniente, o deputado exaltado deveria assumir o excesso e deixar o lugar a quem tenha mais calma.

Bye!! 

5.3.09

 

Taxas

Salut!!

São sinais dos tempos.
Há um ano, as taxas de juro directoras disparavam para cima, e estrangulavam quem precisa de pedir dinheiros aos bancos.
As familias diziam que estavam sufocadas.
Hoje, o indicador chave para apurar o preço do dinheiro, na zona euro, vai baixar para níveis inéditos.
E se as familias, pelo menos por aqui estão mais desafogadas, já as empresas viram o crédito ficar mais inacessivel e mais caro, por causa do aumento das margens de lucro dos Bancos.
Ou seja, para a banca, mais do que as taxas directoras, há sempre boas razões para manter o dinheiro caro.
Mas aquilo que poderá ser hoje, mais interessante depois da reunião do Banco Central Europeu, é saber se os senhores do dinheiro, estão a preparar-se para a missão que lhes vai ser pedida, de mandar na banca, reforçando os poderes de supervisão.
Por isso, hoje ao almoço, esperam-se noticias quentes em Frankfurt.

Bye!!

 

O "auto-sismo"

Salut!!

Entre as várias mudanças que a actual crise pode provocar na sociedade, o culto do automóvel, pode ser um dos mais afectados.
Já ouviu falar do acumular de carros por vender, nas fábricas de todo o mundo.
As estatísticas das vendas confirmam isso mesmo.
Todos sabemos que no orçamento familiar, a casa e o carro, levam uma parte de leão.
E que o automóvel, ainda é um simbolo importante de autonomia social.
Todas as crises trazem consequências.
Para melhor ou para pior.
E neste caso, a perda de poder do automóvel na sociedade, pode ser positiva.
Pelo menos nas cidades, se for aproveitada pelos poderes públicos, para apostar em definitivo no transporte público de qualidade.
Era uma boa forma de gastar dinheiro dos impostos, mais do que mudar impostos sobre o sector automóvel.
 
NOTA - Lido no Rádio Clube, Quarta-feira, dia 4.

Bye!!


3.3.09

 

Estado falhado

Salut!!

Há hoje uma certeza.
A Guiné-Bissau, é o mais perigoso dos estados saídos do universo colónia Portuguesa.
Com um posicionamento estratégico importante, mas sem recursos naturais, só a agricultura e o turismo, e por isso, a tranquilidade podem gerar riqueza para os guineenses.
A história de três década de independência, e de golpes de estado frequentes no país, colocam a Guiné-Bissau na lista dos estados falhados, apeteciveis para poderes ocultos como os terroristas ou os traficantes de droga.
Portugal, França e Angola, têm extendido a mão, mas nada se resolve na Guiné.
As mortes de Nino Vieira e Tagme Na Waié, deixam pouca margem para soluções.
Se os guineenses, na Guiné ou no exterior não se capacitarem que têm um país para construir, à comunidade internacional, especialmente a africana, ou a lusófona, só restam duas soluções.
A desistência, com todos os riscos que isso acarreta, ou um regime de protectorado, envolvido numa desmilitarização total dos guineenses.

Bye!!

2.3.09

 

Estadistas



Salut!!



PS e PSD repartem desde 1976, os governos de Portugal.
Sozinhos, juntos, com a ajuda do CDS, sempre tiveram a última palavra, nas orientações económicas, sociais e politicas.
É bom pensar que os partidos evoluem, e que os integra, também.
Mas quem vamos ouvir hoje, está na raiz de tudo.
Mário Soares e Francisco Pinto Balsemão, governaram o país, e têm experiências politicas diversas, mas têm em comum, entre outras coisas o facto de terem fundado um partido, e de continuarem empenhados na construção de um país.
Por isso, é importa ouvi-los sobre o futuro, neste tempo de todas as interrogações.

Bye!!

28.2.09

 

O dilema

Salut!!

O congresso do Partido Socialista que hoje começa em Espinho, é uma oportunidade.
Nunca um congresso do partido, gerou tanta espectativa mediática.
Os congressos do PS sempre foram mortiços, e pouco interessantes.
Desta vez, e apesar da maioria esmagadora que reelegeu Sócrates, há muitas moções sectoriais, que podem lançar uma discussão interna sobre temas mais ou menos importantes, num programa eleitoral.
Se este congresso contribuisse para clarificar a posição que o partido leva ao eleirores ao longo deste ano, isso seria uma forma de o PS marcar a diferença em relação aos outros partidos.
Por isso, por muito que custe aos teóricos, a única forma de o congresso do PS trazer alguma coisa ao país, este Fim-de-semana, é ser mediático, polémico, e em alguns momentos, inesperado.

NOTA - Lido no Rádio Clube, Sexta-feira, dia 27.

Bye!!


 

A gente não lê

Salut!!

Na semana passada, o Jornal de Negócios noticiou os contornos de um estranho negócio entre a Caixa Geral de Depósitos e o empresário Manuel Fino.
Ainda por causa do BCP, mas com o efeito actual a pôr a nú a estratégias discutiveis do banco do estado quanto ao valor das garantias que recebe quando empresta dinheiro.
Foi no ínicio da semana passada.
Durante o Fim-de-semana, a oposição em peso falou do assunto, e até foram pedidos esclarecimentos ao governo.
Na Terça-feira, jornais televisivos, deram destaque à notícia, uma semana depois do Jornal de Negócios.
Ontem no parlamento, o Primeiro-ministro disse que só soube da noticia na véspera, e pediu ao ministro das finanças para responder às perguntas do deputados.
Das duas uma: ou o Primeiro-ministro é selectivo nas leituras que faz, ou lhe fazem chegar, ou então temos outro Primeiro-ministro que não lê jornais.

NOTA - Lido no Rádio Clube, Quinta-feira, dia 26.

Bye!!

 

Ter crédito

Salut!!

As negociações salariais de hoje entre bancários e banqueiros, podem ser emblemáticas dos momentos social e económico que vivemos.
Porque envolvem um sector que está no centro da crise.
Porque a conversa está marcada, à partida, por um número: 2000 casos potenciais de desemprego.
Mas também porque há dois dossiers em cima da mesa.
Os sindicatos querem preservar o emprego dos bancários com contrato precário, que a banca quer dispensar, não renovando os contratos.
Os bancários querem aumentos superiores a 4%, enquanto os banqueiros admitem aumentos inferiores a 1%.
O que sair desta negociação, vai mostrar o espírito de responsabilidade social dos banqueiros.
Vamos saber se preferem aumentar os lucros ou manter os trabalhadores.
Vai também mostrar a responsabilidade negocial dos sindicatos, pondo a nu se preferem aumentos irrealistas, ou trabalhadores que recebam salários.

NOTA - Lido no Rádio Clube, Quarta-feira, dia 26.

Bye!!
 

 

Carnavais

Salut!!

Este Carnaval está a ser muito divertido.
O Magalhães em Torres Vedras.
Ontem, os livros de arte retirados de um mercado do livro em Braga, por serem considerados pela policia, atentado ao pudor.
Isto para não falar daquele julgamento, em que depois de cinco anos, um empresário foi condenado por corrupção.
A condenação, rara, não tem piada nenhuma.
Já pensar que um empresário que o tribunal considerou ter tentado comprar um vereador por 200 mil euros, vai ter de pagar 5 mil euros de multa, é muito mais divertido.

NOTA - Lido no Rádio Clube, Terça-feira, dia 24.

Bye!!

 

Óscares

Salut!!

A cerimónia dos Óscares da última noite, foi mais que glamour.
Foi um sinal dos tempos.
A meca do cinema, Hollywood, dobrou-se perante a mais emergente das concorrentes, conhecida por Bollywood, a capital do cinema indiano.
Quem quer ser bilionário, um filme ignorado pelos gigantes do cinema americano, e que chegou a ter como destino traçado, o mercado de DVD, ganhou 8 Óscares em 9 possíveis.
Um filme que mostra que a vontade derruba todos os obstáculos.
Um filme que para lá da história que conta, é ele próprio uma história inspiradora.

NOTA - Lido no Rádio Clube, Segunda-feira, dia 23.

Bye!!

20.2.09

 

Carnavais

Salut!!

A justiça é uma coisa muito séria.
É um pilar de qualquer sociedade democrática.
E nós vivemos numa sociedade democrática, apesar de algumas imperfeições.
Mas por a justiça ser uma coisa muito séria, penso que devia abster-se de se envolver em carnavais.
Numa justiça em que a imagem preponderante não é certamente a celeridade, parece no mínimo estranho que o tribunal de Torres Vedras responda em poucas horas a uma queixa, sobre a existência de imagens pornográficas minúsculas numa alegoria do computador Magalhães.
Num sistema judicial que cada vez mais responde a prioridades, não me parece que um cortejo carnavalesco, onde existem muitos outros excessos, mereça uma intervenção censória da justiça.
Por isso, esta manhã, exprimo a minha solidariedade com os censurados de Torres Vedras, e também, com os tristes censores.
Para estes, o conselho para que estejam atentos a outros carnavais.

Bye!!

 

Pactos

Salut!!

Há sinais no ar que contrariam a lógica.
Numa altura de intensificar a apresentação das propostas eleitorais que devem ser diferenciadoras dos projectos politicos, PS e PSD estão enredados numa teia de noticias.
Fala-se de pactos, de aproximações, de propostas que um apresenta e outro deve adoptar, e que outro admite aceitar.
Nem a crise justifica.
Aliás, sobretudo a crise deveria justificar uma ruptura, em termos de projectos políticos.
As conciliações, está provado, não resultam.
Até porque regra geral, são pensadas em quem governa, e não em quem é governado.

NOTA - Lido no Rádio Clube, Quinta-feira, dia 19.

Bye!!

 

(A)Normalidades

Salut!!

O casino da Figueira da Foz é, por este dias, o sítio ideal para conhecer a visão da igreja, sobre o mundo.
As duas mais altas figuras da igreja católica portuguesa ali mostraram que estão concertadas na ideia dos "sarilhos do casamento interreligioso entre católicas e muçulmanos".
Ontem, D. José Saraiva Martins acrescentou em curtas palavras, a visão sobre a homossexualidade.
E as palavras são: "não é normal".
De facto, não é normal, que a igreja católica queira normalizar a sociedade, em vez de aproveitar o papel que tem nas sociedades onde tem mais influência, para as  fazer evoluir.
Para lá da norma social que a própria igreja impõe, sob a ameaça do inferno.  

NOTA - Lido no Rádio Clube, Quarta-feira, dia 18.

Bye!!


 

Às armas

Salut!!

Se era tão urgente alterar a lei das armas, porque é já passaram seis meses, e ela ainda não foi alterada?
Já passaram mais de seis meses desde o primeiro anuncio, mas nada aconteceu.
A maioria absoluta deve também servir para acelerar o processo legislativo.
Mas o exemplo da lei das armas, serve para dar razão ao prosidente da república.
Em portugal, o processo legislativo não tem qualidade.
E eu acrescento, nem celeridade.
A propósito, a criminalidade aumentou ou diminuiu nos últimos seis meses, sem que a lei fosse alterada?

Lida no Rádio Clube, Terça-feira, dia 17.

Bye!!

16.2.09

 

Cartas da América

Salut!!

Na infância são comuns as tricas entre relações de escola, onde o joazinho para tentar integrar-se no grupo mais influente da escola, diz que é mais amigo do líder do que o carlitos.
Este tema de resto povoa uma imensidão de filmes de adolescentes made in America.
Lembrei-me disto quando li a batalha deste fim de semana, das cartas de obama.
Presidencia da República e governo, divulgaram cartas recebidas de Obama, tentando trabsformar um gesto de cortesia vulgar em diplomacia, numa valorização do país que não é real no actual cenário internacional.
Ontem, chegou a circular a piada, se mais alguém em portugal tinha recebido uma carta de Barack Obama.
O desabafo desta manhã, não podia ser outro: aí, se rídiculo matasse!...

Bye!! 

 

Juventude

Salut!!

O Presidente da República sabe que para mudar alguma coisa em Portugal, na forma como lidamos com a cultura, é preciso intervir nos mais novos.
E para Cavaco Silva, intervir, quer dizer chamar a atenção pela positiva, por aquilo que já está acontecer, mas que não aparece nas noticias, ou fica escondido pela espuma dos dias.
Este roteiro de 5 passagens em 2 dias podia ter mais e diferentes paragens.
Mas interessa que aconteça agora.
Falta saber se Cavaco conseguirá a missão de ser noticia pelo roteiro que promove, ou pelas respostas que não vai dar, sobre a espuma da actualidade.

NOTA - Lido no Rádio Clube, Sexta-feira, 13. 

Bye!!


 

Coisas da rádio

Salut!!

Coisas que fascinam, como diria João Paulo Menezes.

Começou aqui, correu aqui, e pouco depois estava aqui. Tinham passado 7 horas.
Mas deve ter sido apenas uma falha sem intenção. Não faz sentido que seja de outra maneira.

Bye!! 

NOTA - Entretanto, acrescentei este e este

12.2.09

 

Evolucionismo

Salut!!

No Minuto a Minuto evoluimos sempre.
Tentamos estar consigo de forma diferente todos os dias.
Aprendemos com os dias, com as noticias, consigo.
Mudamos, para melhorar.
O conceito do Minuto a Minuto, é a melhor informação sempre disponível e actualizada para si.
A evolução deste conceito faz-se dia a dia.
Com novas ferramentas, novas abordagens.
Por estes dias, o Minuto a Minuto, dura seis horas, mas perdura todo o dia, na internet, em texto, som e imagem.
E interactividade.
A ideia de evolução que praticamos no Minuto a Minuto, foi-nos deixada por Charles Robert Darwin, que nasceu há precisamente 200 anos anos em Inglaterra, e que depois de navegar pelo mundo, a bordo do navio Beagle, conhecendo/descobrindo a vida nas suas diversas formas, nos deixou uma herança.
A mais definitiva das respostas à pergunta: "Como é que aqui chegamos?"
A resposta, é: evoluindo!

Bye!!

 

O partido da igreja

Salut!!

A igreja católica portuguesa, tem uma rádio e já teve uma televisão, mas teve de a vender.
Tem jornais espalhados por todos o país, e tem uma capacidade de intervenção na sociedade portuguesa, como mais nenhuma crença tem.
A igreja tem toda a legitimidade para criar um partido, mas nunca o fez.
É lamentável que recomende aos portugueses que nas próximas eleições ignore os partidos.
Os partidos são uma das bases estruturantes da nossa sociedade política.
Nenhum partido alguma vez recomendou aos crentes católicos que deixem de ir à missa, por causa dos erros dos sacerdotes católicos.
E são muitos.
Por isso, se a igreja quer defender os valores, que crie um partido com esses valores, e os sujeite a votos.

NOTA - Lido no Rádio Clube, Quarta-feira, 11.

Bye!!


 

Eurofragilidade

Salut!!

Não há agenda de Lisboa que resista a declarações como as desta semana, de personalidades tão diversas como Durão Barroso, Nicolas Sarcozy ou Angela Merkel.
A Europa está a provar que não consegue mexer-se, a não ser como reação a Obama.
O plano de estimulo económico, resulte ou não, para a américa e para o mundo, pôs a nu uma fragilidade europeia.
A Europa está ainda longe de ser o motor económico do mundo.
Mas também, a esta hora, já ninguém levava a sério essa parte da agenda de Lisboa.
Suspeito mesmo, que as preocupações de hoje vão mais para a manutenção do projecto europeu, mesmo no capítulo económico, que se julgava o mais sólido.

Lido no Rádio Clube, Terça-feira, 10.

Bye!!

 

Alcool

Salut!!

Estará o país que durante anos viveu da economia do vinho, pronto para proibir a venda e o consumo de alcool, a menores de 18 anos?
A pergunta volta a colocar-se hoje, com o início do debate público sobre o plano de prevenção do alcoolismo.
E volta a chamar a atenção para um problema que é Portugal não é socialmente censurável.
O alcoolismo.
As últimas tentativas para mexer nestas raizes, tiveram uma oposição bem sucedida dos produtores e de toda a industria vitivinícola.
Para esta discussão pública, deixo este contributo.
Pensar no futuro, pensar na saude, mais do que na economia. 

Lido no Rádio Clube, Segunda-feira, 9.

Bye!!


7.2.09

 

Sobre rodas

Salut!!

Os problemas de quem transporta mercadorias em Portugal, são hoje diferentes de há meio ano.
Por isso, ameaçar repetir os protestos do ano passado, agarrado aos efeitos conseguidos em Junho, parece-me imprudente.
Quando se definem formas de luta, a proporcionalidade deve ser uma regra.
è por isso, importante ver se os problemas de hoje, são tão ou mais graves que os do passado.
Porque do nada, ameaçar bloquear o país com 15 mil camiões, exige responsabilidade mas pode transformar-se numa irresponsabilidade.

NOTA - Lido, no Rádio Clube, na Sexta-feira, 6.

Bye!!

5.2.09

 

Memória

Salut!!

Há cada vez mais razões para estar atento a isto.

Como já tinha dito.

Bye!!
 

 

Referendar os referendos

Salut!!

Para que serve a regionalização?
Para governar melhor?
Porque neste momento, a percepção geral não é essa.
De resto, foi por isso que falhou o referendo de 2008.
Agora José Sócrates vem dizer que quer regionalizar, mas só avança para um novo referendo, se tiver a certeza que ganha.
E para isso pede a ajuda dos militantes socialistas para convencer os outros partidos.
E assim ficamos a saber que há quem só goste de ir votos, quando há certezas de vitória.
Se for assim, por mim, acabe-se com o referendo.
Não vale pena perguntar às pessoas a opinião, se o que queremos é confirmar aquilo que pensamos.

Bye!!

4.2.09

 

Jornalismo útil

Salut!!


O que João Palma revela esta manhã no Minuto a Minuto, ajuda a compreender as constantes violações do segredo de justiça.

O que este magistrado e sindicalista admite é que muitas vezes, é a investigação jornalística que ilumina a investigação judicial.

Isto levanta uma perplexidade e uma explicação.

Primeiro, parece agora claro que é natural existirem tantas fugas de informação nos processo.

É dar aos jornalistas pistas para eles fazerem o trabalho que depois o ministério público aproveita.

A perplexidade, é mais grave.

Porque os tais julgamentos na praça pública, condenados por toda a gente, são afinal uma primeira instância, ou uma ferramenta dos investigadores.


Bye!!


 

Plano B

Salut!!


Pedro Passso Coelho veio ontem dizer ao PSD e ao País, que é ele, o plano B.

É o Plano B, para o PSD, porque diz passos coelho, Ferreira Leite falhou ao não se assumir como plano B ao governo socialista.

Por isso, Passos Coelho diz que é também o plano B ao governo.

Agora só falta, que os planos A saiam de cena.


Nota - Lido no Rádio Clube, Terça-feira, 3.


Bye!!


 

Qimonda

Salut!!

A questão Qimonda volta a hoje a colocar-se.

O último sentimento, da parte do governo, é que atrás do que se diz em voz alta, há uma sentimento de incapacidade para segurar em portugal o maior exportador nacional. 

Por isso, hoje, o dia que se diz decisivo para a Qimonda, faz sentido colocar a pergunta.

O governo deve ou não fazer tudo para salvar a empresa? E esse esforço deve passar pela compra da empresa pelo estado.

É que depois da Qimonda, outras haverá, infelizmente. 


Nota - Lido no Rádio Clube, Segunda-feira, 2.


Bye!!


31.1.09

 

Resistências

Salut!!

Depois do festival de ontem, ainda não sei porque é que José Sócrates está no centro das noticias dos últimos dias.
O ministério público diz que o primeiro ministro não é suspeito
Diz mais: que o nome do primeiro ministro é uma suspeita antiga já abandonada, e que a carta de Inglaterra, a este propósito não tem valor.
Os partidos, dizem que o primeiro ministro é honesto, e não há razões para suspeitar dele.
O primeiro ministro diz que já passou por provações destas e vai continuar a resistir.
Resistir a quem?
Os jornalistas?
É justiça?
Aos ingleses?
Mas atenção.
Não mandem calar os jornalistas.
Não costuma resultar.

NOTA - Lido no Rádio Clube, Sexta-feira, dia 30.

Bye!!


29.1.09

 

Shopping?

Salut!!

São oito da manhã.
A esta hora, assalta-me uma dúvida.
O caso Freeport, é neste momento, um caso político, judicial ou diplomático?
Na politica, ninguém se atreve em Portugal a acusar o Primeiro ministro de ser corrupto.
Pelo menos, directamente.
A justiça portuguesa, parece tratar o assunto com pinças.
Ao ponto de dizer que, como estão metidos politicos, o caso é urgente.
Agora, aparece em força, a investigação inglesa a pedir esclarecimentos sobre as contas bancárias de José Sócrates.
Tudo isto por causa de um centro comercial?
Ou há mais alguma coisa que nos esteja a escapar?

Bye!! 

 

Mais velho

Salut!!

Os mais velhos, muito respeitados noutras sociedades, são, nas tribos ocidentais, ditas civilizadas, muito desvalorizados.
Desvalorizado, neste contexto, quer dizer esquecido e ignorado.
Nestas tribos, os mais velhos, dizem disparates e muitas vezes chegam a ser acusados, de ao quererem transmitir experiência, estarem a querer perpectuar-se.
O estranho disto tudo, é que a esperança de vida alargada e a baixa taxa de natalidade nas tribos ocidentais, leva a que os mais velhos sejam cada vez mais numerosos.
Por isso, não parece lógico, arrumar na prateleira e ignorar, a experiência dos mais velhos.
Vem isto a propósito da entrevista de hoje ao Rádio Clube de Almeida Santos.
Seria bom não ignorar os avisos do presidente do PS, que é, em bom rigor, um dos mais velhos.

Nota - Lido no Rádio Clube, Quarta-feira, 28. 

Bye!!

28.1.09

 

Atrasada

Salut!!

Há muitos anos que me interrogo, porque diabo se chama cerimónia de abertura do ano judicial, a um evento que acontece em meados de janeiro.
Neste caso, até no final de Janeiro.
Se o ano judicial começa em setembro, não seria mais útil fazer a cerimónia nessa altura.
Porque fazer esta cerimónia com este nome, no dia 27 de janeiro, é por si só um sinal de como está a justiça.
Atrasada.

NOTA - Lido no Rádio Clube, Terça-feira, dia 27.

Bye!!

27.1.09

 
Salut!!

António Fonseca Ferreira é um personagem por estes dias na história do PS.
Ele desafiou o unanimismo à volta de sócrates, e fez o que Manuel Alegre e outros criticos da actual liderança, não fizeram.
Apresentou uma moção alternativa.
Só que a alternativa é dizer que não há diálogo interno, que o partido corre risco de cisão.
tudo muito bem, em termos de diagnóstico.
Mas falta uma conclusão.
E não parece lógico que essa conclusão seja pedir uma maioria absoluta para o PS.
Porque se dentro do PS não há debate, como diz António Fonseca Ferreira, há fortes hipoteses de essa falta de debate contaminar o panorama politico português.


NOTA - Lido no Rádio Clube na Segunda-feira, dia 26.

Bye!!

26.1.09

 
Salut!!

Toda a história Freeport, tresanda.
Um licenciamento ultrarápido que devia ser regra numa economia moderna e competiva, mas que ao ser excepção, levanta suspeitas.
Uma aprovação na última semana de funções de um executivo.
Um principe britânico que dá a cara por um investimento comercial.
Luvas pagas por empresários estrageiros a governantes portugueses.
Nesta salada, há obviamente um capítulo dedicado ao uso das clássicas offshores.
Há uma coisa que o primeiro ministro diz, e que tem razão.
Bom era que tudo fosse resolvido rapidamente.
Acrescento mesmo, que devia ser tão rápido como o licenciamento.
E de preferênca, que não fosse na véspera das eleições.


NOTA - Lido no Rádio Clube, no dia 23.

Bye!!

22.1.09

 

Cimeira

Salut!!

É muito mau que se banalize a realização de cimeiras bilaterais.

Uma cimeira não é nem pode ser o único momento do ano, em que duas entidades, sejam paise sou outras instituições, manifestem publicamente a sua amizade.

Seria como que um casal que dedica um dia no ano, a renovar os votos do dia do casamento.

Ora, o lógico é que esses votos sejam manifestados diariamente.

Por isso, seja sobre o TGV, sobre a luta contra o terrorismo, seja ainda sobre as questões energéticas ou o dificil dossier da água comum, é essencial que o que sair desta e de outras cimeiras seja credivel para as pessoas.

Senão, alguém pode começar a pensar que nem os responsáveis que nelas participam, acreditam nas cimeiras.

Bye!!


21.1.09

 

"Freeze", disse ele

Salut!!

Quem estava à espera de um sinal de Obama, ele aí está.

è mesmo um sinal de justiça e direitos humanos.

A ordem, a primeira conhecida de Obama, é pedir a suspensão durante 4 meses de todos os processos em curso no tribunal militar de Guatanamo.

Um tribunal que analiza crimes de guerra.

Ou seja, onde individuos de várias nacionalidades, podem ser condenados à morte, depois de anos a serem torturados.

Muitos esperavam que o primeiro sinal, fosse uma resposta à crise económica.

Mas mesmo em tempo de crise, às vezes, levantam-se valores mais altos que o dinheiro.


Bye!!


This page is powered by Blogger. Isn't yours?